0

Microsoft disponibilizará HoloLens para desenvolvedores

Durante o último evento organizado pela empresa, em outubro, os participantes puderam conferir uma demonstração do HoloLens para games

17 nov 2015
10h00
  • separator
  • comentários

A Microsoft organizou, em outubro, uma conferência de imprensa para apresentar as últimas novidades da marca. Entre celulares, consoles, hardwares e até um notebook próprio, um dos lançamentos que mais chamaram a atenção de quem estava no evento foi uma demonstração do HoloLens para desenvolvedores de games. Os óculos de realidade aumentada da Microsoft serão agora disponibilizados para aqueles que queiram criar algo novo, a partir do primeiro trimestre de 2016.

Em 2016, o HoloLens estará disponível para desenvolvedores que queiram aproveitar a tecnologia para criar algo que combine vida real e realidade virtual
Em 2016, o HoloLens estará disponível para desenvolvedores que queiram aproveitar a tecnologia para criar algo que combine vida real e realidade virtual
Foto: Twitter/@HoloLens / Reprodução

 

Vale lembrar, no entanto, que o kit para desenvolvedores, que deverá custar em torno de US$ 3 mil (aproximadamente R$ 11.600,00), não se assemelha em nada com a versão do HoloLens vendida atualmente. A Microsoft o caracteriza como “um produto de teste, que estará disponível para desenvolvedores que queiram aproveitar a tecnologia para criar algo que combine situações da vida real com a realidade virtual”.

 

Para demonstrar a capacidade do produto nos games, a companhia criou uma demo intitulada de Project X-Ray, um minijogo de realidade mista, que coloca aranhas-robôs na frente do jogador e um holograma em seu punho. Na atração, os robôs querem avançar e atirar no participante, que por sua vez pode desviar e até atirar de volta, por meio de uma arma virtual localizada em seu braço. Assista aqui.

 

Vida real com hologramas virtuais

 

Lançado em janeiro de 2015, o HoloLens, um mini computador holográfico em forma de óculos, é bastante parecido com os aparelhos de realidade virtual que têm surgido no mercado, no entanto, diferente deles, a ferramenta da Microsoft não quer criar uma nova realidade, mas sim levar os usuários a um mundo virtual ao mesmo tempo em que traz a tecnologia para o ambiente real. Ou seja, o usuário que estiver utilizando os óculos poderá visualizar hologramas no chão, mesas e paredes, sem sair do lugar em que está.

O intuito do HoloLens é levar os usuários a um mundo virtual, mas trazer a tecnologia para o ambiente real, possibilitando que o usuário visualize hologramas no lugar em que está
O intuito do HoloLens é levar os usuários a um mundo virtual, mas trazer a tecnologia para o ambiente real, possibilitando que o usuário visualize hologramas no lugar em que está
Foto: Twitter/@HoloLens / Reprodução

 

Além de não precisar de cabos ou conexão para funcionar, o HoloLens tem funções bastante atraentes, como uma tecnologia de reconhecimento espacial que permite que o usuário ouça um som produzido por um holograma que está atrás dele, como se esse som realmente viesse de trás.

 

Por trás de todo projeto do HoloLens está o aclamado cientista brasileiro Alex Kipman, um dos responsáveis pela criação e sucesso do Kinect, o sensor de movimentos da Microsoft desenvolvido para os consoles Xbox 360 e Xbox One. O aparelho foi o primeiro a permitir uma interação entre jogadores e jogos eletrônicos sem que houvesse a necessidade de intermediação por meio de joysticks ou controles.

 

Fonte: Dialoog Comunicação

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade